terça-feira, 19 de julho de 2011

Entre as vontades e as batalhas da vida

.
Dizem  que tudo passa com o tempo. Passa a dor; a saudade; a tristeza e as vontades... Realmente, sempre passam, mas não quer dizer que não possam voltar no outro dia. Uma coisa é sentirmos; desejarmos; querermos algo e outra coisa é o tempo fazer com que tudo isso se transforme e como num passe de mágica nós não nos importássemos mais. Sentimentos têm memória e nós não temos o controle sobre eles, essa é que é a verdade! Bom seria se nós tivéssemos esse contole, assim nós não sofreríamos por muito tempo; escolheríamos por quem deveríamos nos apaixonar e deixaríamos de amar quando se fosse necessário, assim não perderíamos tempo com as coisas ruins da vida e nos concentraríamos em aproveitar as coisas boas, já que a vida é tão curta.

Mas infelizmente não é assim, não somos robôs, somos seres humanos, de carne, osso e coração, que sente, sofre, alegra-se, magoa... Estamos expostos nesse mundo, onde cada dia é uma guerra, onde temos que lutar para sobrevivermos sem muito sofrimento; sem nos ferirmos e principalmente, não magoarmos ninguém. Nessa guerra não dá para sairmos ilesos, apesar de termos todas as armas ao nosso alcance, nós não nascemos sabendo como usá-las, temos que aprender a cada necessidade encontrada nas batalhas da vida, mas se estivermos e se pudermos contar com a ajuda das pessoas que nos amam, sem dúvidas essa guerra será menos sofrida e a terminaremos com a vitória mais que merecida.




Cold Play - The Scientist

7 comentários:

PapoBacana disse...

Muito bom sua postagem..
a vida é assim mesmo.
um mix de sensações..
abraços.

Meire disse...

Prizita, isso é verdade, muitas vezes achamos que passou, mas a dor vem com tudo detonando. A saída é ter sempre o pensamento em coisas boas, é focar em nossos objetivos e nas alegrias que a vida nos traz a cada dia!

Amo Coldplay menina, arrasou na escolha da música ;)

bjokitas com master carinho pra tu!

Paloma Meneses disse...

A gente nunca esquece nada por completo, SEMPRE sobra uma lembrancinha, mesmo que pequena das coisas boas ou ruins, não dá pra evitar, pena né?
beijos, seguindo!

"(H²K) 久保 - Hamilton H. Kubo" disse...

Perfeita sua reflexão, de fato por vezes mais nos parece ser fácil se controlássemos nossas emoções, definíssemos nosso coração.
Mas por outro lado, este é dom que nos difere de muitas espécies, ou até mesmo entre nós mesmos.
Ser humano é de fato estar sujeito a cada batalha do dia, a cada desventura da vida.
E como bem disse, amigos, família são e sempre serão nossos aliados.
Um coração que se julga jamais ter sangrado é por jamais ter se dado o direito de amar.

Beijos

Adorei a música!

Jéssica kethryne disse...

que texto lindo, que blog lindo (:

Vanessa Carvalho. disse...

Infelizmente não temos o controle sobre os nossos sentimentos. Interessantíssimo o seu texto e eu adoro essa música do Cold Play de tão extremamente linda.

Mariana disse...

Oii flor

lindo texto

E passa lá e participa
do nosso concurso
O prêmio será um livro sobre moda
Da Isabella Fiorentino

Bjão

http://meuryss.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...