segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Esperar primeiro, descobrir depois.


É apenas uma simples e feia lagarta! Era o que todos falavam da pequena e indefesa lagarta que vivia pelos cantos. A maioria das pessoas duvidavam da sua capacidade, a menosprezavam e duvidavam que um dia ela se transformasse em algo belo e digno de admiração. Sempre a comparavam com as outras lagartas e na maioria das vezes (para não dizer sempre) ela perdia em qualquer comparação. As pessoas olhavam, e as lagartas mais coloridas eram as mais valorizadas, consequentemente, eram as que as pessoas apostavam que seriam as borboletas mais bonitas da região. Já as monocromáticas eram rejeitadas, tendo o seu potencial duvidado. Até que com o passar do tempo, as lagartas começaram a fazer a sua metamorfose. Aquelas lagartas que todos apostavam que seriam as mais bonitas, as melhores, as mais tudo, só decepcionaram, e aquela, a rejeitada, a excluida e subestimada, se transformou na borboleta mais linda que eles já tinham visto, despertando a surpresa e admiração de todos, dando uma verdadeira lição de vida, pois não se deve fazer julgamentos antecipado sobre algo, alguém ou alguma coisa que ainda está em processo de evolução, é preciso esperar, conhecer primeiro, para depois formar a opinião.




O Teatro Magico - Sonho de uma Flauta

3 comentários:

Tina disse...

Com disse Antoine de Saint-Exupéry
“É preciso que eu suporte duas ou três lagartas se quiser conhecer as borboletas"

Evanir disse...

Estou no blog certo amo borboletas
basta ver um dos meus blogs.
È uma grande verdade uma lagarta que causa medo em muitos é o enfeite mais lindo de um jardim.
Uma linda semana Priscila beijos no coração,Evanir.Te Seguindo..

Emanuelle Klyss disse...

"...é preciso esperar, conhecer primeiro, para depois formar a opinião."

Sem sombra de dúvidas né?

Tem outro selinho no meu blog pra ti. Beijoos ;**

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...