domingo, 21 de agosto de 2011

Indico. :)

Evito comentar ou dar minha opinião abertamente sobre alguma obra, autor ou filme, mas como toda regra tem excessão, abro para comentar sobre um filme que me chamou muita atenção, que me emocionou e que me fez refletir sobre a vida, por isso resolvi compartilhar com vocês,trata-se do filme: "O curioso caso de Benjamin Button."


É melhor nascermos velhos e morrermos bebês ou nascermos bebês e morrermos velhos?
Após assistirmos o filme é inevitável não fazermos esses questionamentos, pois enxergar a vida de trás para frente é no mínimo curioso, como o próprio título diz. O fato de um recém-nascido não conseguir andar, assim como um idoso no auge dos seus 80 anos, nos faz refletir e é muito interessante ver na prática que existem muito mais semelhanças entre essas duas fases da vida. Esse é um tipo de filme que prende a nossa atenção, mesmo já imaginando o que irá acontecer no final, pois é bonito ver essas evoluções ao contrário acontecerem bem na nossa frente. Na minha opinião prefiro as coisas como estão, não vejo a necessidade de inverter a ordem da vida...  Mas enfim, o filme trás diversas reflexões, não vou me deter a falar sobre todas elas, quem já assistiu sabe e quem não viu, recomendo que assista, pois só tem a acrescentar.

.

5 comentários:

@loucoepolemico disse...

Parabens pelo blog, acompanho ja faz algumas semanas.
Estou seguindo, se puder, entra no meu blog e siga eu tb. Grato.
Caso haja interesse em trocar banners, é só copiar o código do meu banner, e me avisar que imediatamente coloco o seu banner no meu blog.
beijos.

Sil disse...

Olá!! Adorei tudo aqui!! E adoro dicas de filmes!! Pode saber que vou assistir por sua indicação!!
Uma linda semana pra você!!
Bjs bjs

Ana Ferreira disse...

Olá, Priscila!
Primeiramente, achei o seu blog uma graça, chamou-me verdadeiramente a atenção.
"O Curioso Caso de Benjamin Button" é um filme belíssimo, lírico e que emociona verdadeiramente. Não me canso de assistir a ele. O relacionamento de Daisy e Benjamin, ahhh, que lindo, terno...
Uma ótima dica aos seus leitores, sem dúvidas.

Beijinhos,
Ana - Na Parede do Quarto

Tina disse...

"Qual seria a sua idade se você não soubesse quantos anos você tem?"
Confúcio

Lanny F disse...

Melhor filme ever! Lindo mesmo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...