quarta-feira, 13 de junho de 2012

Texto Solto




Papel em branco, caneta na mão, vários pensamentos soltos e silêncio, é assim que surge um texto ou poema meu. Como já disse a Clarice Lispector: "Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando - até que não caibo em mim e estouro em palavras."

São experiências vividas; aprendizados diários; pessoas que chamaram a minha atenção; desejos, ensejos... Ambos traduzidos em palavras. Há anos escrevo e sempre me pergunto: Por quê? Diversas respostas caberiam para essa pergunta, mas acho que escrevo para tentar "fotografar" a vida.

Certa vez assisti uma entrevista muito interessante com a Martha Medeiros, onde ela dizia que o complicado não é começar a escrever, o difícil é continuar depois de vários anos escrevendo. Quando se começa a escrever qualquer assunto vira tema para se expressar opinião, porém quando se escreve há muito tempo, os temas vão se "acabando". É aí onde o bom escritor precisa se reinventar e usar toda a sua criatividade e inspiração para continuar escrevendo ideias interessantes.

Como quem olha um álbum, é assim que releio os meus textos. Alguns eu adoro; outros quero mudar ou acrescentar alguma coisa e outros eu não gosto. Mas o fato é que um texto ou um poema registra um momento, sentimento ou opinião, e na verdade, é justamente isso que importa. Com relação a mudar um texto depois de pronto, na maioria das vezes evito, pois acho que devemos ser sinceros com a nossa inpiração.


6 comentários:

Heitor Lima disse...

Gostei da sinceridade com a inspiração. Muito bonito como você encara o ato de escrever.
Gostei daqui. Visita-me?
;*

Priscila Lima disse...

Obrigada!
Visito sim :)

Bruno Gaspari disse...

Olá Priscila! Visitando seu blog
e já simpatizando com os posts =)
Parabéns pelo conteúdo, abraço.

Bruno

Bruno Gaspari disse...

Valeu Priscila =)
Beijão pra você e até!
Voltarei pra ler as novas;)

✿ chica disse...

Tens razão...O momento retratado no texto deve ficar registrado.Não mexo nos meus também!beijos,chica

Elen Abreu disse...

Olá.
Vim conhecer seu blog, gostei de tudo que disse nesse texto. Das palavras das escritoras que citou. Sinto a mesma coisa que você, também escrevo, tem uns textos que quero mudar algumas coisas depois, mas como disse devemos ser fiéis a nossa inspiração.
Te sigo já, te convido a conhecer o meu.
Beijos. Até!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...