terça-feira, 10 de julho de 2012

O amor e suas curiosidades




O amor é um sentimento interessante, quando ele surge, naturalmente exige exclusividade. Ninguém gosta de dividí-lo por muito tempo, sem falar no medo que fica escondido dentro do peito de perder definitivamente quem amamos.

Quando o que sentimos é verdadeiro, espontaneamente temos uma sensação de "pertença", ou seja, sentimos que somos do outro e que o outro é nosso. É aí que surge a fidelidade, a lealdade e a cumplicidade. É onde a pessoa que amamos se torna única com suas qualidades e defeitos.

Amor que é amor com o passar do tempo só se fortalece. Não há rotina, crises ou pessoas contrárias que façam com que esse amor se desfaça.

Amar também é um exercício, um exercício que deve ser praticado diariamente. Elogios, gentilezas, presentes, todos gostam de receber. Um pouco de romantismo derrete até os corações mais gelados. E não há a menor necessidade de ser alguma data comemorativa para se fazer isso, pelo contrário, qualquer dia é dia para cuidar de quem amamos, e consequentemente, da nossa felicidade.

Nós somos como pássaros, livres. O que nos prende é o que nos cativa. Se temos tudo que precisamos no nosso ninho, não temos a menor necessidade de procurar fora. Naturalmente o nosso coração fica "preso", ou melhor, conquistado, e não é qualquer mudança de estação que nos faz abandonar o nosso ninho.


4 comentários:

Tina disse...

Amei a imagem e o texto.
E sejamos livres e felizes, apaixonantes e apaixonadas.

“O medo de errar muitas vezes nos leva ao erro, e o desejo excessivo de acertar
nos rouba a naturalidade"
Lya Luft

Thalita Paiva disse...

Lindo, lindo, lindo! Você escreve coisas que me encantam.

Jhosy . disse...

Priscila, adorei !
E concordo com cada palavra.
A exclusividade do amor é uma das coisas mais lindas que podemos vivenciar. E, o amor desperta em nós desejo de viver em constante exercício (saudável) de demonstrações.
E concordo mais ainda quando você diz que o amor verdadeiro se fortalece com o tempo. É fato, se fortalece e nos torna mais fortes também !

Adorei o post **)

Um beijo,
Jhosy

http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

Kellen Bittencourt disse...

Oii Priscila, tbém penso como vc, o amor prevalece, as paixões realmente vão embora, e qdo o ninho nos acolhe bem não temos por que deixa-lo! Bjooooss

Estou retornando e junto trazendo um sorteio mineirinho lá no blog, sua participação será bem vinda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...