sexta-feira, 13 de julho de 2012

O amor imaginado



Amor vivido, aproveitado, verdadeiro, recíproco... Deve ser maravilhoso que possui. Eu nunca tive, mas imagino como deve ser...

Como diria o Cazuza, acho que deve ter "sabor de fruta mordida". Imagino que de tão leves e inspirados, ficamos como nuvens em um belo dia de sol, formando vários desenhos, declarando para todos o nosso amor. Acho que de tão completos, saímos por aí espalhando sorrisos, demonstrando e compartilhando toda a nossa alegria. Acredito que de tão acelerado, o nosso coração deve pulsar como uma bateria de escola de samba em pleno carnaval. E de tão tranquilos, cada dia vivido deve ser como um sonho bom, só que melhor, pois é realidade. Uma doce e bela realidade onde nós somos os protagonistas.

O amor tem poder. Ele dá sentido a nossa vida. Ele encanta, colore, fascina, melhora e até enobrece a nossa história. Uma vida sem amor é uma vida sem graça, vazia, sem cor, incompleta. Se pode até tentar ser feliz, mas sempre fica uma sensação de que está faltando alguma coisa. E não é "qualquer coisa", é simplesmente o sentimento mais importante na vida.

Há pessoas que têm sorte, logo cedo encontram os seus amores. Outras levam mais tempo. Tem outras que encontram, mas deixam escapar. E outras que passam a vida inteira e não encontram os seus verdadeiros amores. É complicado entender essas coisas que vêm do coração...


7 comentários:

Bruna disse...

Eu acho tão linda essa sua impressão otimista do amor.

Kellen Bittencourt disse...

"O amor tem poder. Ele dá sentido a nossa vida. Ele encanta, colore, fascina, melhora e até enobrece a nossa história." falou tudo Priscila, tomara que vc encontre esse amor, eu dei algumas cabeçadas até encontrar o meu rsrrs faz parte! Bjinhos

Emanuelle Klyss disse...

Muito complicado mesmo. Até parece que tu andou lendo meus pensamentos, hoje mesmo parei pra pensar sobre o amor. rs

Bjs querida, ótimo fds. ;*

Tina disse...

“Se fosse fácil, todo mundo saberia explicar como fazer. Viver não é assim tão simples, mas que a gente complica, não há dúvidas.”
Caio F.

Heitor Lima disse...

E os que não encontram o amor passam a vida "achando" o que o amor faz sentir, viver, experimentar... Mas seu poder é impressionante e inegável.
Té mais ;*

Gabriela Freitas disse...

Queria tanto entender o coração e descobrir como é afinal o gosto de um amor correspondido.

Thalita Paiva disse...

O amor recíproco é uma dádiva da vida, Priscila. Quando nos sentimos amadas, sempre estamos a flutuar. É como o mundo não mais existisse e tudo se torna belo. Cada vez mais me impressiono com o que escreves. Beijos.

http://prraela.blogspot.com.br/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...