domingo, 23 de setembro de 2012

Fases



Olhando o Blog, vi que precisava postar um novo texto, só que para ser sincera, dessa vez não tenho um texto ou poema "pronto", só tenho alguns pensamentos soltos, várias ideias, uma mistura de sentimentos e a vontade de traduzí-los em palavras.

É impressionante o poder que a vida tem de nos revirar do avesso. Quase nada é definitivo. Tudo muda, se transforma, evolui ou até mesmo desaparece... O quê ou quem já nos encantou, um dia pode perder a graça. Amores intensos podem se transformar em recordações. Certas amizades podem já não nos fazer bem. Nós podemos mudar e quando vamos perceber, nada é mais como era antes.

Sinto que alguma coisa em mim mudou. Já não me importo com certas atitudes de algumas pessoas. Antigos planos já não me servem. Percebo que aprendi com erros do passado e que a vida está acontecendo agora na minha frente, e é justamente por isso que não posso desperdiçar as oportunidades que surgirem pelo caminho.

Sabe, com o passar do tempo estou aprendendo que esquecer não significa ignorar uma chamada no telefone, nem evitar reencontros casuais. Estou descobrindo que quando você esquece, atende o telefone e sua voz não falha. Que reencontros casuais não fazem mais suas as pernas tremerem. Estou percebendo que o mais triste no amor é não sentir mais nada...


Mas enfim, a vida é constituída por fases. Ciclos que se iniciam ou que se desfazem para que nós possamos evoluir. Sem vivências muitas vezes nós não teríamos aprendizados. Nem tudo na vida são flores, e quer saber? Se tudo saísse conforme o esperado com certeza não teria graça. São as surpresas que encontramos pelo caminho que tornam tudo mais interessante!


  

4 comentários:

ઇઉ Amanda Nárgela ઇઉ disse...

Realmente a vida é cheia de mudanças repentinas e rapidas até demais...
Descubro por mim eu para evoluir tenho de passar por varios conflitos internos, só assim consigo definir quem realmente sou. Só espero não perder a vida pensando em como ela um dia será...

bjin

Tina Bau Couto disse...

Acho que td mundo é assim, bem descreveu Cecília:

"Tenho fases, como a lua
Fases de andar escondida,
fases de vir para a rua...
Perdição da minha vida!
Perdição da vida minha!
Tenho fases de ser tua,
tenho outras de ser sozinha."

Flores em sua primavera querida Priscila :)

Paulo Sotter disse...

Gostei do post, até porque a verdade sempre sai nas palavras que fluem com naturalidade. Essa mudanças são mesmo surpreendentes, mas inevitáveis, são etapas que encerramos para prosseguir nossa caminhada. Parabéns pelas sábias palavras. Se me permite sigo seu blog. Um abraço

Priscila Lima disse...

*_*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...