sábado, 5 de novembro de 2011

Autenticidade




Às vezes por puro receio das pessoas não gostarem mais da gente, procuramos agradar a cada oportunidade que surgir. Esforçamo-nos ao máximo para não cometermos erros, e consequentemente, para não darmos motivos para que desgostem de nós. Mas como todo e quaisquer ser humano, num momento de distração, também erramos. Para algumas pessoas todo o nosso esforço foi em vão, pois elas esquecem as coisas positivas que fizemos e só lembram da nossa falha. Passa o tempo, procuramos superar esse impasse e seguimos. Após um tempo, erramos novamente e a mesma coisa acontece. É quando nos damos conta de que não adianta tentar agradar a todo mundo, pois essa é uma missão impossível. Se nós nos importarmos demais com a opinião das pessoas deixaremos de viver e consequentemente, de sermos quem nós somos. A característica mais admirável em alguém é a autenticidade. Se alguém tiver que gostar da gente que seja por quem nós somos, e não por quem elas gostariam que nós fôssemos. Discordâncias, conflitos ou desentendimentos fazem parte de toda e quaisquer relação, o que não quer dizer que isso possa diminuir o sentimento sentido, pelo contrário, pois a gente só se importa com quem realmente significa algo em nossa vida.





Cazuza - O Tempo Não Para

5 comentários:

Alê disse...

autenticidade sempre

Juliana Skwara disse...

Nossa! Que lindo, me identifiquei muito com o seu texto! Escrevi um texto parecido que fala sobre exatamente sobre isso! Amei a parte "Para algumas pessoas todo o nosso esforço foi em vão, pois elas esquecem as coisas positivas que fizemos e só lembram da nossa falha"
Me identifiquei bastante, você soube captar exatamente o que acontece. Eu amei seu texto, sua linda *_*
BEIJOS

Luna Sanchez disse...

Fingir ser o que não se é pra agradar é o mesmo que embarcar em uma canoa furada porque a interpretação não se sustenta por muito tempo.

Gostei do post.

=*

Gabriela Freitas disse...

Por isso que digo, não use máscaras para que os outros gostem de você, seja você mesmo que quem tiver que gostar, vai gostar/!

Thaís. disse...

É verdade tudo isso que você escreveu. Pitty já dizia para sermos nós mesmos, "mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro..."

Um beijo, moça. :*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...