quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Lições que a vida nos trás



Bia era uma menina aparentemente feliz, tinha tudo o que o dinheiro podia proporcionar e vivia rodeada de empregados. No colégio que estudava era uma das meninas mais populares. Sempre que podia, fazia questão de ostentar algum dos seus muitos caprichos. Um dia entrou uma menina nova na sua turma aparentando ser bem humilde. De cara ela a menosprezou e não quis ficar perto. Na primeira oportunidade que teve ela fez pouco da menina. Muito triste ela chegou em casa chorando, sua avó perguntou o que havia acontecido, no começo ela não queria dizer, mas aos poucos ela foi contando... Com calma, sua avó lhe disse para não dar ouvidos para os devaneios de uma menina que no fundo, não sabia que quem realmente era pobre era ela, pois apesar de ter tudo o que o dinheiro podia comprar, ela não tinha o essencial na vida, o amor de uma família e reais valores e princípios. Certo dia houve um passeio proporcionado pela escola para toda a turma delas. No começo foi aquela diversão, mas algumas crianças desobedeceram a professora e se afastaram. Bia e suas amigas foram dar uma volta e acabaram se perdendo. No caminho Bia se machucou e nenhuma de suas "amigas" ficaram para ajudá-la. Para a sua surpresa, ao ouvir seus gritos a menina que ela tanto menosprezava correu e foi ajudá-la. Quando Bia a viu se surpreendeu muito, pois não esperava essa atitude dela, afinal ela só a maltratava. A menina olhou em seu olhos e falou que nunca teve nada contra ela, pelo contrário, pois sentia pena de alguém que não sabia o que era o amor de uma família e muito menos, sabia como era ter amizades verdadeiras... Admirada, Bia agradeceu e aos poucos o seu orgulho foi desaparecendo, deixando aquele gesto de bondade aquecer o seu coração. Depois daquele dia Bia nunca mais foi a mesma, pois a vida lhe mostrou na prática o que ela não tinha aprendido com as coisas que o dinheiro podia comprar. Ela procurou se aproximar da sua família e desde então, passou a respeitar a individualidade de cada um, aprendendo que a humildade vem em primeiro lugar, pois ninguém é melhor do que ninguém.





Chimarruts - Em busca da fé

3 comentários:

André Walker disse...

Adoro esse tipo de história. Pena que nem todo mundo aprende a lição quando uma coisa dessas acontece.

^^

abraço! \o

Luiza Fernandes disse...

Pois é, temos que respeitar os outros, suas diferenças e individualidades. Humildade é fundamental, todos devemos ter.
Beijos.

Tina disse...

"A humildade é a essência da vida"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...