segunda-feira, 23 de abril de 2012

Mel




Diante da perfeição da vida
Me pego a questionar:
Como um ser tão pequenino
Consegue tanto me alegrar?!

Aparentemente, ela é indefesa
Porém após um tempo
Ela se transforma
Em cachorrinha travessa!

Tudo de amargo na vida
Se transforma em Mel
Ao ficar cinco minutos perto
Desse anjinho que mais parece que caiu do céu.

É o início de uma relação bonita,
O começo de um amor recíproco
Que para sempre
Será correspondido.

Branquinha cheia de luz
A vida sorriu quando você chegou,
Só posso sorrir de volta e cuidar
Desse belo presente que a vida me presenteou.


3 comentários:

Rick disse...

Bonito poema.
Bjws"

-----------------

P.S. Você já leu sobre anjos caídos. Quando tiver um tempo procure na internet, acho que essa expressão se refere a coisas não muito boas. É serio.

Tina disse...

Mel e a doçura das palavras são um encanto.

Letícia disse...

Ah, eu amo demais esses bichinhos!
Tão lindos, carinhosos e felizes! =]

Tenha uma florida semana ;*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...