domingo, 17 de junho de 2012

Aprender a ser feliz



É interessante algumas coisas na vida, se nos contarem uma piada muito engraçada hoje, nós iremos rir muito. Mas se nos contarem a mesma piada outras vezes, chegará um momento que ela perderá a graça.

Pena que o mesmo nem sempre acontece com algumas coisas tristes. Certas mágoas parecem não perder a força com o tempo e insistem em querer nos acompanhar. Vez ou outra nos flagramos vivenciando aquela nostalgia; cutucando feridas; remexendo no nosso passado...

Teoricamente não deveria ser assim, da mesma forma que algo engraçado perde a graça conforme a quantidade de vezes que é repetido, coisas tristes também devem perder a força com o tempo. O problema é que nós temos uma tendência a nos apegar a coisas tristes. Não basta sofrermos uma vez, precisamos nos torturar algumas vezes até aprendermos a desapegar de vez.

Naturalmente a vida segue o seu rumo e nós temos que aprender a seguir em frente também. Ficar trazendo para perto quem a vida levou para longe é perda de tempo. Insistir em erros é desnecessário. Se torturar por causa de algum remorso de nada adiantará...

Todos nós podemos ser felizes, pois felicidade também é um exercício, um exercício que a cada dia precisamos colocá-lo em pratica enchendo-nos de leveza e de coisas e pessoas que nos façam bem.


Um comentário:

Tina disse...

è bem verdade isso mesmo, temos um ladinho meu sadomasoquista, mas a sacada é deixar esse ladinho de lado, conscientemente, fazer uma luta armada contra ele, para ele não se calhar de casa.
Mtas lembranças boas pra vc eu deslanchei nas lembranças boas hoje por lá.
Beijos juninos :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...