sábado, 19 de novembro de 2011

Ausência



A gente se acostuma com a correria do nosso cotidiano; com o trânsito e até mesmo com coisas planejadas que dão errado. A gente só não se costuma com a ausência de algumas pessoas especiais na nossa vida. Em meio a um turbilhão de coisas para fazer, me veio você no pensamento. Bateu saudade; uma vontade de estar perto; olhar nos olhos, jogar conversa fora, poder viajar em músicas... Mas como no momento isso não é possível, mentalmente te mandei energias positivas; um forte abraço, daqueles que a pessoa se sente protegida de todo o mal que existe no mundo e um beijo doce, para deixar o seu dia mais feliz. Recebeu?!




Silverchair - I Miss You Love

4 comentários:

Alê disse...

Tens razão: acostumamos a tantas coisas, exceto a ausência.



Bjkas

Jhenyffer Andrade disse...

A ausência é dilaceradora, não há como se acostumar.
Abraços.

Bixudipé disse...

Recebi!
A poesia é linda e a imagem fantástica!

Adorei! Abração,

Rodrigo Davel

Diego T. disse...

Recebi sim!
Adoro a maneira que você escreve Pri, faz a pessoa se sentir especial.

Parabéns
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...